Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Início / Paises / Itália / Mochileiros Veganos em Veneza – veja dicas incríveis e lugares especiais!

Mochileiros Veganos em Veneza – veja dicas incríveis e lugares especiais!

Veneza foi nossa última cidade no mini mochilão que fizemos na Itália: Milão, Verona e Veneza. Já no trem, um italiano nos perguntou para aonde íamos e confirmando Veneza ele nos disse triste: Veneza é a Disney da Itália. Nós só entendemos quando chegamos lá!img_mv_veneza_capa

De fato, Veneza é uma das cidades mais lindas em que já estivemos, mas, sem sombra de dúvidas, Veneza é lotada e cheia de passeios pega-turista. Lá, há todo tipo de bugiganga feita na China, mas, ao contrário da maioria dos lugares da Europa, Veneza ainda tem muito artesanato que só se acha lá e muita cultura italiana, com suas casinhas com limoeiros e varais com roupas penduradas na varanda. Assim, eu não concordei totalmente com o camarada e eu não diria a ninguém para evitar Veneza pelo excesso de gente. Veneza é uma cidade que merece ser conhecida e mesmo para veganos, ela é acessível, desde que você faça como a gente, que coma com baixo orçamento. Vamos às dicas então!

Onde ficar

img_mv_veneza_1

Nós ficamos no hostel Silk Road que dava para o mar, em Dorso Duro. Parece maravilhoso, mas o hostel foi um dos piores que já ficamos. O dono era um iraniano mal-humorado e que, às vezes, nos tratava bem (dependia do humor dele), os armários não tinham fechaduras adaptadas para por cadeado e ele nos deu duas correntes para girar em torno das fechaduras do armário, o que não ajudou na proteção de nossas coisas. Por fim, ele chamava todos os amigos dele para ver o futebol do lado do nosso quarto de noite, os quais usavam o banheiro dos hóspedes, imagina o cheiro delicioso que ficava no dia seguinte? E ele não limpava. Eu não recomendo, mas se alguém quiser ficar de frente para o mar veneziano, mesmo assim, está valendo.

Como chegar

Nós chegamos de trem de Verona, mas Veneza tem seu próprio aeroporto. Ao chegar, nós compramos um passe de ônibus barco, porque iríamos passar nas cidades próximas de Burano e Murano (mais informações abaixo) e, o resto, fizemos a pé. Taxi barco é caríssimo e não vale a pena. Dá para fazer quase tudo a pé, mas lembre-se que Veneza não tem nomes de rua bem visíveis, quando tem placa avisando, ou seja, leve as instruções de chegada do hostel e depois, vá decorando para não se perder. Procure um ponto de referência e pergunte.

Quanto tempo?

Ficamos 3 dias, sendo um deles dedicado às cidades de Burano e Murano

Dia 1

Fizemos um passeio à esmo pela cidade, começando pela Basílica di Santa Maria della Salute, bem na frente da estação de trem. Fomos aos canais, vimos as gôndolas passando. Olhamos as feiras vendendo máscaras e frutas e passamos na Piazza San Marcos no final do dia ao entardecer. Nisto, vimos a Basílica de San Marcos. Também vimos a Torre Dell’Orologio e o Palazzio Ducale, tudo ali perto. Não gastamos nada por isso e foi muito bacana.img_mv_Basílica di Santa Maria della Salute_img_mv_canais_img_mv_mascaras_img_mv_pc_2img_mv_pc_1Dia 2

Fomos ao Grand Canal e andamos de gôndola pelos canais menores. Pagamos 80 euros cada um e é bem caro, como podem ver. Bem, a moral da história é que vale muito a pena mesmo e não nos arrependemos, principalmente porque nosso gondoleiro era super engraçado e ficou chamando seu amigo gondoleiro da barca da frente de cornutto, o tempo todo. Demos boas risadas! img_mv_gondola_2 img_mv_gondola_1 img_ponte_1

Dica 1: escolha bem seu gondoleiro, pois ele pode fazer tudo ser maravilhoso ou péssimo.

Dica 2: os passeios de dia são mais baratos e custam 80 euros, cada um. De noite fica por 100 euros (adição de romantismo). Tudo é tabelado e os gondoleiros cobram todos o mesmo preço.

Dica 3: se estiver com orçamento apertado, fique perto das gôndolas e tire fotos. Tem muita oportunidade para tal.

Depois de terminar, nós fomos a ponte Rialto, bem famosa, e ficamos andando, voltando à Piazza de San Marco para ver o pôr do Sol e ouvir música clássica. Sempre tem gente tocando lá e é tudo gratuito.img_ponte_3Dia 3

Fomos a Burano e Murano (de barco-ônibus)

Primeiro fomos a Murano, a cidade dos vidreiros. Hoje em dia é mais histórica, mas no passado, ela era fonte de quase todos os trabalhos em vidro da Europa. Lá você pode ver mestres vidreiros produzindo esculturas de vidro na rua e dentro de lojas especiais. Não se paga nada, mas vale ressaltar, que eles pedem gentilmente umas moedas. Nas ruas, você pode também comprar lembrancinhas de Murano e ver esculturas gigantes de vidro. Tudo é bem caro, mas as bijuterias são mais baratas.img_mv_burano_muranoimg_mv_murano_burano_2 img_mv_murano_burano_1img_mv_burano_murano3 Dica: se quiser comprar bijuterias de Murano, compre em Veneza que é mais em conta. É tudo igual.

Depois de Murano, o próximo destino foi Burano. Esta cidade é linda e pitoresca, com casinhas coloridas bem típicas da Itália. Ela também tem canais e você pode passar a tarde toda lá, olhando as casinhas, as pontes e os canais. Mágico!

Voltamos! Aproveitamos para conhecer a romântica Veneza noturna e andar um pouco por Dorsoduro, onde ficava nosso hostel. Este é outro passeio que vale a pena, mas cuidado, pois Veneza não é tão segura, então não se meta em becos desconhecidos de noite. img_mv_veneza_entardecer_3 img_mv_veneza_entardecer_1img_mv_veneza_entardecer_2img_mv_veneza_entardecer_4

Resumo do que fazer

Basílica di Santa Maria della Salute

Piazza San Marcos

Basílica San Marcos (não entramos)

Ouvir música clássica no entardecer da Piazza San Marcos

Torre Dell’Orologio

Palazzio Ducale

Grand Canal

Ponte Del Rialto

Feiras de máscaras (ande à esmo)

Ande de gôndola ou fique perto delas

Murano

Burano

Passeio noturno romântico (casais) ou divertido (se estiver em grupo)

O que comer

Como vocês sabem, somos um site de mochileiros, então não vamos muito em restaurantes. Para comer, nós nos dirigimos ao supermercado italiano Pam, que ficava do lado do hostel.

Dica: antes de fechar com o hostel, procure supermercados próximos com a ajuda do Google Maps.

No Pam, encontramos sorvete vegano da marca Valsoia e também encontramos focaccias veganas de batata, tomate e cebola, só cebola, abobrinha e azeitona. Focaccias não têm ovo na composição e nem leite e este foi praticamente nosso alimento durante nosso mini-mochilão pela Itália. Lá, nós achamos também Nutella vegana, também Valsoia Gelato, chocolate Nocciolato fondente, sem adição de leite. Vale a pena procurar por esta marca e fazer um tour pelo supermercado em busca de produtos.img_mv_comidas

Evite alimentos com os termos: uovo, latte, miele, burro (manteiga), formaggio (queijo) e carne.

Como preparar o café da manhã

Compre leite vegetal (amêndoas é bem comum), castanhas, aveia, frutas variadas, misture tudo e se prepare para a aventura.

Almoço

Duas focaccias de sua preferência, mais uma caixa de tomatinho cereja lavada. Suco de laranja, se preferir ou fruta

Lanches

Frutas variadas

Janta

Salada pré-lavada com tomatinhos cereja e molho de vinagre balsâmico pronto do supermercado. Sanduíche de pão sem ovo e leite, com pasta de tomate ou pesto (raro achar sem queijo) ou homus, se achar.

Se quiser cozinhar, compre cuscuz marroquino ou macarrão sem ovo e legumes e misture ao refogar. Junte amêndoas e castanhas para adicionar proteína. Faça pasta de abacate para os lanches ou misture. Coma salada antes.

Dica 1: pesquise se seu hostel tem cozinha antes de reservar.

Dica 2: frutas são sempre uma boa opção!

Dica 3: Quer comer pizza italiana vegana? Não recomendamos Veneza para tal. Esta cidade é famosa pelos seus frutos do mar. A cidade de Verona, do lado de Veneza, tem uma pizzaria vegana orgânica (bio). Veja post do site sobre ela (clique aqui)

Gelattos

É difícil achar gelattos sem leite de animal em Veneza, mas existem os sorbets. Eles não vão leite e são muito bons. Vale a pena provar. É fácil encontrar em qualquer gelatteria.

Restaurantes

Pinzimonio (VEGANO)
Viale Garibaldi 91 (at Mestre area), Venice, 30174
Tel 348-2846144
Horários de Funcionamento: Terça à Domingo 19:00hr às 23:00hr, Terça à Sexta 12:00hr às 15:00hr
Cozinha: Vegana, Internacional, Italiana, Crudívoro, servem cerveja e vinho.

Acessar Site do Restaurante

Se quiser ir a restaurantes, não esqueça de conferir o site da Happy Cow com uma lista completa de restaurantes em diversas cidades do mundo.

Boa viagem vegana!

Veja também

img_capa_mv_uruguay

Mochilão Vegano em Montevidéu – Uruguai

O Uruguai é um belo país, cercado de pelas praias e paisagens. Entretanto, bom saber …